sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Meu bebê achou um dono

Gente, esse é meu bebê lindo (Bela) que conseguiu uma casinha e foi adotada com sucesso.
Vou contar resumidamente a história dela: Essa criaturinha linda apareceu aqui na rua depois que seguiu uma vizinha, já estava de coleira, ou seja: foi abandonada. A vizinha acabou ficando com ela pra "vigiar a casa", mas o fato é que ela não tratava muuuuuito bem. Então achamos um lugar novo pra ela, com sucesso ela foi pra la. Mas depois de um dia ela tinha destruido algumas roupas no varal e umas plantas rsrs.

Enfim, a mulher quis devolvê-la. Voltou essa linda pra cá, mas a vizinha não quis mais ela. Então aparece mais um problema...a garotinha fica no cio. Decidimos colocar ela no nosso terraço para ela não engravidar.

Infelizmente não podiamos ficar com ela, uma pena porque ela é um amor. Mas já tenho 3 cachorros e 2 gatos.

Achamos outro lugar. Uma casa com crianças e um casal que parecia legal... depois de algum tempo descobrimos que eles não eram tão legais assim. Eles iam manter ela presa de coleira o dia todo, o marido da mulher bebia e batia em todo mundo inclusive no cachorro que antes tinha lá (e sumiu inexplicavelmente, provavelmente foi largado em algum canto).

Então tivemos que procurar outro canto. Depois de passar fim de ano, ainda bem conseguimos um lugar. Nossa vizinha que já tem uma cachorra quis ela. Fizemos alguns encontros de socialização para se acostumar com a cachorra e se acostumar com os novos pais =D.

Depois ela foi levada ao médico, vacinada, já ganhou roupinha, comida, pratinhos e já tá brincando loucamente com a outra cachorra.

Enfim, final feliz ^^.

Essa é uma foto do vestidinho que fizemos pra ela (vestido na minha outra cachorra Sofia)

Um comentário:

  1. É uma grande alegria conhecer quem gosta realmente de animais (vegan) e ainda você agiu como uma ong, que bacana viu.
    Eu tenho um monte adotado, todos adultos, gatos, cães, todos doentes e acho que quem gosta mesmo não devolve, não exige que saiba fazer xixi, com amor se ensina tudo. Coitada que ela teve que sentir tanta rejeição para encontrar alguma pessoa boa nesse mundo. Ganhei meu dia ao ouvir a história dela.

    ResponderExcluir